Meditações

Assim como as ondas podem amainar e revelar a tranquilidade das profundezas do oceano,
também os nossos pensamentos podem acalmar a turbulência da nossa mente e revelar sua transparência natural.

A chave para a traquilidade da mente chama-se meditação.

Meditação é uma atividade da consciência mental.
Ela envolve uma parte da mente que observa, analisa e lida com o resto da mente. A meditação pode tomar várias formas: Concentração dirigida unicamente a um objeto (interno), a tentativa de compreender algum problema pessoal, a geração de um amor radiante por toda a humanidade, a prece a um objeto de devoção, ou a comunicação com nossa própria sabedoria interior.
Sua meta final é despertar um nível de consciência extremamente sutil e utilizá-lo para descobrir a realidade, direta e intuitivamente.
A mente pode ser dividida entre: Consciência sensorial – visão, audição, olfato, paladar e tato – e consciência mental (oscila entre nossas experiências mais grosseiras de raiva ou de desejo, por exemplo. Ela inclui nossos processos intelectuais, nossos sentimentos e emoções , nossa memória e nossos sonhos).

Meditações todas as 4ª feiras ás 20.00

Por mais longa que seja a caminhada o mais importante é dar o primeiro passo.